quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Em andamento..

meu amor ..meu bem querer...
Te quero desde o inicio
Dor que mata aos poucos
Não quero te perder!

Meu Deus, o que estou dizendo?!
Não quero te perder...
Não sei onde está...nem por onde andas
ou se um dia foi minha


(ela) Eu ouço tua voz ao longe
como a sunamita em "cantares",
te procuro nos lugares,
Te procuro na natureza...
Sim, eu parti! Ainda não sei explicar..
Ouvi a voz dos loucos,
Ouvi a voz dos que não sabem amar,
sonho com teus versos...
Inverso é meu lidar!
Oh, amado, não tenho coragem...
Não tenho coragem de voltar.


(Edson Maciel e Sylvia Senny)

3 comentários:

Sylvia Senny disse...

um sonho compartilhado, é um sonho realizado!!

HAMILTON BRITO... disse...

quando sonhos compartilhados geram trabalhos bem realizados, como este, hosana nas alturas...Deo gratias.
Gosto de visitar os blogs dos meus amigos...aprendo com vcs.

HAMILTON BRITO... disse...

estranho o amor...por tamanho, turva, embotoa a mente. ¨não sei por aonde andas¨
Um amor que marcou, sabemos sempre onde ele está. Ou está por aí ou está por lá e se lá estiver, estará com Ele e com Ele, está em boa companhia e um dia, certeza, haverá o reencontro pois amor verdadeiro, dura muito mais que o tempo que nunca termina