quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Publicado 28/01/2009- Folha da Região


Artigo: Fragmentos de um amor perdido

Edson Maciel
Quarta-feira - 28/01/2009 - 03h01


De tudo ficou um pouco,
Ou do pouco um dia
Descobrimos que ficou tudo.
Pois o coração jamais é mudo,
E o pulsar fala irradia...

Seria o amor a melhor das sinas?
O ultimo beijo,
Dois corpos se abraçando,
Uma lágrima rolando...
Seria o amor a melhor das sinas?

Talvez seja!
Alma que lateja,
Grito que não cala.
Isso é amor?
Amor que de ti exala.

Sim, amor que procuro reter
Em minhas mãos.
Pérola preciosa
De valor incalculável,
Porque vem do coração.

É de tudo um pouco
Sem dúvida e sem razão
Um pouco de graça, singela pirraça
O amor é uma canção.

9 comentários:

Anônimo disse...

amizade é dividir a honra dos talentos!
amei escrever um livro em conjunto com uma pessoa que se tornou pra mim, um grande amigo e se revelou um majestoso poeta! parabéns, o merito é seu!

Sylvia Senny

Cássia disse...

Edson, não esqueci do convite ás reunioes do sindicato, mas pode esperar que estarei por aí...por enquanto fico aqui no seu blog, abrindo bem os olhos nos post que registras... sem ilusões militantes...Até mais, bj*K*

O Poeta das Multidões disse...

aguenta colchão velho, o dinheiro é de pacotinho, mas a paixão é de caminhão. Abraços. Heitor.

Anônimo disse...

Bonito o seu blog, Edson. Parabéns
Rita Lavoyer

matheus matheus disse...

"O amor é uma canção."
Que coisa mais linda. Conhece Allen Ginsberg? Lembrei dum poema dele chamado Canção.

♀Riot Vicious♀ disse...

Oii Edson!!
É a Maria Rosa, do Grupo Experimental!!

Lindo poema, querido!
Parabéns!!

Comenta lá no meu blog: www.riot-vicious.blogspot.com

Beijos e tudo de bom, amigo!!

Fernando Martinez disse...

muito boa a poesia

Fernando Martinez disse...

com certeza o amor é a melhor das sinas

Poeira Viajante disse...

Gostei muito! Parabéns pelo talento poético. COnvido-te a espiar meu blog também. http://poeiraviajante.blogspot.com/
Abraço